sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal a todos!



Bem, desculpem-me por estar tão em cima da hora. Mas só agora recebi a informação de que a sauna da minha casa de praia, em Portofino, já está pronta. Era apenas o que eu estava esperando para poder reinaugurá-la. E em grande estilo! Será neste próximo Réveillon. Por favor, queiram, por gentileza confirmar suas presenças até o dia 29 de dezembro, para que o Buffet possa cuidar dos comes e bebes.
Teremos um cardápio tipicamente natalino, claro! E teremos especialidades genuinamente mediterrâneas e italianas. Além de frutas frescas vindas de todas as partes do mundo. Mimozinho para os amigos apreciadores de bom paladar.
A princípio ia fazer uma festinha intimista, para no máximo 300 pessoas. Mas resolvi estender, já que meu ciclo de amizades tem se expandido a olhos vistos. Serão apenas 600 convidados! Nem um a mais. Não cabe!
Para os três dias que antecedem à data, três vôos diários e particulares sairão rumo à Gênova, de lá seguem de carro até Santa Margherita Ligure. A partir daí, os convidados seguem de barco – única forma de chegar em casa!
Então é isso. Aguardo as confirmações. Acho que vai ser bom...

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Eileen – O Despertar de um Anjo



A Bremen Editora Ltda. promove, no dia 15 de dezembro, às 20 horas, no Piso 3 do Shopping Bougainville, o lançamento do livro “Eileen – O Despertar de um Anjo”, da autora Carla Dalacroce. Trata-se da segunda obra a ser editada pelo selo. A primeira foi o best seller Encol, o Sequestro, do empresário Pedro Paulo de Souza.
Esta obra inédita é uma saga que narra a existência de anjos em mundos paralelos – dentre eles, Atlântida e Lemúria – e tem como cenário a urbe de Carbert com seus estranhos habitantes. Com apenas 22 anos, Carla Dalacroce (pseudônimo Cá Dalacroce) escreveu esta história no intuito de extravasar sentimentos conflituosos da adolescência. Com isso, criou personagens apaixonantes como a Eileen, que vive sentimentos dúbios de amor e ódio por dois pretendentes. Sarcástica e impetuosa, essa personagem nos leva a conhecer um mundo de fantasias e aventuras.
A autora  Carla Dalacroce nasceu em 1989 em Anápolis. Atualmente cursa Psicologia em uma universidade particular da cidade onde, até hoje, vive com a família. Desde pequena (mais precisamente desde os nove anos de idade), desenvolve o dom da escrita, o que a motivou a escrever seu romance de estréia Eileen – O despertar de um anjo. Carla é aficionada por romances e personagens de caráter marcante. Tanto que construiu a protagonista de sua história com muitos detalhes de seu próprio caráter. Eileen é uma garota-anjo apaixonadamente determinada que pode carregar nos ombros alados o destino de todo um mundo; uma batalha épica que se aproxima com o soar das profecias apocalípticas.

Sinopse
Quando um misterioso lobo invade Quartzo a procura da garota do reflexo, a pacata e frustrante vida de Eileen adquire um novo sentido. Convocada para uma expedição com outras quatro espécies distintas, eles saem em busca de jóias denominadas acepções, que aprisionam os sentidos de um demônio adormecido, criado para destruir ou mudar por completo os rumos de sua civilização. Nesta jornada épica, repleta de misteriosos acontecimentos, encontra-se Eileen com sua personalidade forte, impetuosa e sagaz, que se vê fragilizada diante de novas perspectivas e conflitos internos que jamais suspeitava existirem.
No desenrolar desta emocionante história, a garota anjo se envolve em um emaranhado de descobertas sobre o mundo em que habita; as espécies e dimensões existentes; os segredos sobre sua vida e ainda se descobre sendo disputada por dois anjos: Nerian, o líder de Quartzo e seu prepotente protetor e Aelle, um anjo de asas prateadas que promete dificultar seus intentos devido ao seu jeito tempestuoso e desafiador.
Tentando colocar ordem nessa profusão de sentimentos dúbios e vibrantes que lhe afloram o ser, a missão de Eileen não se limitará ao resgate das acepções. A garota anjo será obrigada a escolher entre um dos pretendentes, indo contra todos os preceitos impostos por um mundo ao qual todos temem a um único ser maligno. Nem que isso signifique desistir da própria vida. Eileen terá que encontrar uma chave que lhe prometa uma chance de liberdade em civilizações e mundos paralelos fora de Carbert. Mas para que isso aconteça ela terá um preço muito alto a pagar. Tal sacrifício valerá a pena?