quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Tempestade tropical no Bela Vista



Ainda não era duas da tarde. Trabalhava em casa, computador ligado, quando houve uma queda de energia. O computador desligou. Liguei-o, novamente. A energia acabou, mais uma vez. Resolvi desligar e esperar a coisa se resolver. Como estava demorando mais que o normal, liguei para o número do serviço de atendimento de emergência da CELG. Segue o diálogo entre mim a atendente:

- CELG boa tarde meu nome é Juliana (nome fictício) e esta ligação gerou o protocolo número 2518XXXX com quem eu falo? (assim mesmo, sem vírgule e sem respiração)

- Poderia repetir, por gentileza, o número do protocolo?

- Não entendi seu nome, senhor?

- Nem eu o seu!

- Como senhor?

- Meu nome é Rimene Amaral. E o seu?

- Juliana, senhor.

- Juliana, poderia por gentileza, repetir o número do protocolo para que eu pudesse anotá-lo?

- 2518XXXX. Qual é o problema?

- Houve um pico de energia aqui no meu setor...

(ela me interrompe bruscamente)

- Me confirme o nome completo do titular da conta, com enedereço...

(o fiz, até o final, com setor e CEP, iclusive!)

- Bairro e cidade, senhor?

- Setor Bela Vista. Goiânia.

- A energia acabou?

- Não. Está em meia fase e oscilando muito.

- Mas tem energia?

- Sim, moça. Tem energia, mas é meia fase e está oscilando. A potência aumenta e diminui rápida e constantemente.

(silêncio)

A moça pergunta:
- Mas tem ou não tem energia?

- Sim, moça. Ainda há energia. Posso acender a lâmpada, mas está muito fraca.

(uma pausa longa...)

A atendente pergunta:
- O ‘clima’ tá chuvoso aí, ou não?

Engoli seco. Segurei a risada e respondi!

- Tá a maior tempestade aqui, moça. Raios e trovões. Ventos de 220 quilômetos por hora...

- Está chovendo aí, senhor!?

- Claro que não moça. Está mais seco que o deserto do Saara, segundo li na reportagem. Previsão de chuva só para o mês que vem, quando voltarei a te ligar pelo menos umas 543.234.709 vezes ao dia!

- A sua reclamação foi encaminhada para a área responsável. É só aguardar.

- Saberia me informar quanto tempo demora?

- É só aguardar, senhor! É a única informação que tenho.

- Ok. Obrigado.

- Posso ajudar em mais alguma coisa?

- Sim. Gostaria de saber se demora.

- A informação que tenho é que o senhor deve aguardar.

- Obrigado, então!

- Posso ajudar em mais alguma coisa?

- Não. Você disse que o que me resta é aguardar, então... Vou fechar a janela para não molhar aqui dentro de casa.

Ela resmungou e concluiu:

- A CELG agradece a sua ligação. Tenha uma boa tarde!

Por que a CELG agradece a minha ligação, sendo que a atendente estava P... da vida por falar comigo? Não entendi!

Um comentário:

Luiz Herculino disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ri muito